Com o alto índice de desemprego no país, uma das alternativas para driblar a crise é começar o seu próprio negócio e lucrar com ele. Mas, como criar o seu próprio negócio sem nenhum capital? É possível?

Neste artigo, você verá que não só é possível, como também aprenderá como começar o seu empreendimento, criar conteúdo e lançar o seu produto/serviço.

Como começar o próprio negócio sem nenhum dinheiro?

Se você é um dos milhares de desempregados brasileiros e não possui nenhum dinheiro extra que dê para investir em seu negócio, não tem problema. É claro que começar o seu próprio empreendimento sem nenhum capital é um pouco mais difícil, mas tenha em mente que diversas empresas de renome do Brasil e do mundo começaram do zero.

O ponto é que sem nenhum investimento ou empréstimo, você terá que investir outra coisa no seu projeto: O seu tempo e paciência. Ou seja, o quanto menos dinheiro você tiver, mais tempo você deverá ter para fazer o seu negócio sair do papel e vingar. Já ouviu aquela expressão “tempo é dinheiro”. Pois é.

É possível começar um negócio sem nenhum investimento?

O dinheiro pode estar em falta, mas uma coisa você deve ter: Acesso à internet. A internet oferece uma série de possibilidades, dentre elas a monetização do seu próprio hobby. Como assim?

Antes de tudo, identifique quais são os seus passatempos favoritos e assuntos nos quais te interessam.

Produzindo conteúdo

Definido o assunto/hobby que você mais gosta, eis o momento de investir nele. É aqui que você deve começar a colocar a mão na massa. Desenvolva o nicho, o seu segmento. Depois, crie o seu público.

Vamos exemplificar: Suponha que você é um amante da culinária. A primeira dica, já que você adora o tem, é criar um blog onde você deverá escrever diariamente. Seja sobre dicas de cozinha, receitas, dentre outros assuntos relacionados ao tema; o importante é produzir conteúdo e compartilhar.

Compartilhado os posts aos familiares e amigos, é preciso crescer mais. Entre em fóruns na internet sobre o tema, divulgue seu conteúdo, participe de debates, seja ativo; para que você possa conquistar autoridade.

O produto

O próximo passo a fazer depois de produzir conteúdo diariamente e divulga-lo em fóruns e grupos de redes sociais é desenvolver o seu próprio produto para a venda ou agenciar o produto de um parceiro para ganhar uma comissão.

Você pode, por exemplo, desenvolver um infoproduto a partir dos artigos que você já escreveu ao longo destes primeiros meses. Selecione os melhores textos do seu blog, analise quais são os mais relevantes para o seu público, criar novos textos relacionados a abordagem e desenvolver um e-book (livro digital), de aproximadamente  40 páginas.

Como comercializar o produto?

A recomendação para esta etapa é cadastrar o seu produto em sites especializados em venda. Deste modo, você não precisará se preocupar muito com esta parte. A plataforma Hotmart, é uma das muitas boas opções, onde você faz o cadastramento do infroproduto e só se preocupa em fazer a divulgação do link para a compra.

 

Matias Vazquez

Autor

e for

Entre em contato conosco

Preencha o cadastro para receber mais informações.

Sharing 623

Rua Conego Eugenio Leite, 623
CEP: 05414-011 – São Paulo – SP
Brasil +55 11 4680-6701

Sharing 1173

Rua Conego Eugenio Leite, 1173
CEP: 05414-011 – São Paulo – SP
Brasil

Mídias Sociais

Prêmios

O Melhor Coworking do Brasil por 3 anos consecutivos. Eleito pelo PRÊMIO QUALITY.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre seu email e receba nossas novidades e promoções!


x

Agende uma visita

Venha tomar um café na SHARING e conhecer o melhor espaço para sua empresa decolar!

SM, QUERO DECOLAR! Não, obrigado.