A cada nova geração, uma série de mudanças ocorrem. Não se trata apenas de vestuário e comportamento. As influências da nova geração, culturais e tecnológicas também estão presentes no nossos ambientes de trabalho.

Nos últimos anos, algumas empresas perceberam que seus funcionários possuem muito mais disposição e produtividade em um ambiente divertido e interativo. Podemos citar por exemplo, a sede da Google, que além de ser bem colorida, possui pufes, escorregadores, salas de pebolim, minigolfes, dentre outras salas de jogos.

Parece surreal? Saiba que esta mudança nos ambientes de trabalho se dão não só pela mudança de geração e suas respectivas noções de cultura, mas também está ligada ao desejo das empresas sobrevierem no novo mundo que o mercado vive atualmente, que é mais colaborativo. Sendo assim, trabalhar em um local como a sede da Google, por exemplo, faz com que surjam variados modos de encarar o local.

Titulo: Ambientes de trabalho x Coworkings. Na imagem de cima com uma mesa de madeira e pessoas trabalhando com computadores, papeis e cafés.

Quando o “Coworking” surgiu?

O termo foi utilizado pela primeira vez em 1999, mas ganhou notoriedade menos em 2005, quando Coworking passou a descrever um espaço físico, até então conhecido como 9 to 5 group.

O que são os Coworkings

Muita gente não sabe, mas o modelo coworking está fazendo sucesso tanto no exterior quanto aqui no Brasil. De acordo com os dados levantados pelo Censo Coworking Brasil, só no país há pelo menos 180 lugares assim, e mais de 56 mil estações de trabalho.

O modelo de trabalho coworking tem como base o compartilhamento de espaço e recursos de um escritório. A finalidade deste compartilhamento é reunir pessoas que trabalham não atuam necessariamente na mesma área, e nem trabalhem para a mesma companhia. Assim, é possível reunir os profissionais mais liberais, empreendedores e usuários.

Outra vantagem que o coworking oferece é a questão do isolamento, que muitos profissionais autônomos e freelancers têm, por trabalharem como home office. O coworking é um excelente meio de se fazer networking e aumentar a sua produtividade (como explicado no início deste artigo).

Um exemplo de empresa que empresa que oferece espaço de coworking gratuito aqui no brasil, é a própria Google, na sede do Estado de São Paulo.

Ambientes de trabalho x Coworkings

Convenhamos. Por mais que você possua estabilidade no ambiente de trabalho (um escritório), experiência e todos os recursos possíveis a seu dispor, chega um momento onde a sua mente ficará estagnada.

Algumas empresas mais liberais possibilitam que seus colaboradores realizem seus trabalhos em ambientes de coworking, a fim de estimular a produtividade do empregado. Infelizmente, não são todas as companhias que têm este entendimento e pensamento mais liberal (pois receiam que o colaborador pode, ao invés de produzir em outro lugar, fugir do trabalho). Mas é preciso ter consciência que sair da zona de (des)conforto pode ser muito positivo para a empresa em um todo.

Algumas companhias têm o entendimento da importância do coworking, outras tendem a modificar o ambiente de trabalho, para torná-lo mais estimulante, como os próprios locais com modelo coworking. Com isso, estamos nos depurando a cada dia com escritórios e outros ambientes de trabalho com novas decorações (pufes e enfeites coloridos), mesa ou sala de jogos, cozinha e sala de descanso. Tudo para estimular o funcionário.

Matias Vazquez

Autor

Entre em contato conosco

Preencha o cadastro para receber mais informações.

Sharing 623

Rua Conego Eugenio Leite, 623
CEP: 05414-011 – São Paulo – SP
Brasil +55 11 3938-4387

Sharing 1173

Rua Conego Eugenio Leite, 1173
CEP: 05414-011 – São Paulo – SP
Brasil

Mídias Sociais

Prêmios

O Melhor Coworking do Brasil por 3 anos consecutivos. Eleito pelo PRÊMIO QUALITY.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre seu email e receba nossas novidades e promoções!


x

Agende uma visita

Venha tomar um café na SHARING e conhecer o melhor espaço para sua empresa decolar!

SM, QUERO DECOLAR! Não, obrigado.