Início » Blog » Três dicas que podem te ajudar a trabalhar em um coworking

Três dicas que podem te ajudar a trabalhar em um coworking

  • por
Sharing EC Coworking em Pinheiros

Em busca de infraestrutura e preço acessível, a troca de salas comerciais convencionais e até mesmo o home office por escritórios compartilhados está cada vez mais frequente entre o circuito de startups e autônomos. Trabalhar em um coworking, além de reunir uma excelente oportunidade para networking, conseguem gerar em média para empresários uma economia suficiente para adquirir um carro popular por ano.

Presente no mercado de coworking há quatro anos, o Sharing EC lançou em dezembro sua segunda unidade, que já opera com 20% da capacidade total. Somando as duas unidades, ambas em Pinheiros, o  coworking é o endereço de mais de 60 empresas. “Coworking para mim não é apenas uma maneira de compartilhar espaço físico, mas também para compartilhar com toda a sua maneira de ver o mundo e quer mudá-lo.” comenta Matias Vazquez, fundador do Sharing EC.

Vazquez que além de empresário,  também é o idealizador de eventos como o Coworking na Garagem, Coworking Day e COLATAM (Associação Latina Americana para Coworking ), lista alguns dos benefícios de oficializar a sede de sua empresa em um coworking. Confira:

Networking: A primeira premissa do coworking é a troca de contatos. “Na Sharing EC, por exemplo, temos a parede em lousa logo na recepção com o nome de cada empresa presente e seus funcionários. Não é raro um dos coworkers em uma conversa citar que precisa de tal tipo de serviço e só de olhar nossa parede já encontrar o que precisa.  Há também sempre a oportunidade de novos contatos ao ir tomar um café. Os eventos que promovemos como Coworking Day e o Coworking na Garagem são ótimos para ampliar o networking” diz Matias Vazquez.

Aprendizado e produtividade:  “O coworking colabora para que o profissional troque informações com os outros membros, aprendendo novas coisas que serão úteis em seu trabalho.   O profissional acaba sendo mais produtivo por saber que o bom desempenho de suas funções pode render novos trabalhos e até parcerias”.

Economia: “Se for colocar no papel, uma sala comercial tem entre os custos o valor do aluguel, iptu do imóvel, consumo de energia, contratação de internet e até mesmo os custos com um profissional ou empresa para limpeza e copeira. Em um coworking todos esses custos são repartidos entre os membros e por isso, se economiza até R$50mil reais por ano. É só chegar com seu computador e trabalhar.”

Post escrito em 28 de fevereiro de 2017 e retirado do site http://azacontabilidade.com.br/2017/02/28/dicas-que-podem-te-ajudar-a-trabalhar-em-um-coworking

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *